O colecionador de nascentes

12/06/2001

Tamanho da fonte: Diminuir Fonte  Aumentar Fonte

Marco Antonio Gonçalves
 
A cidade catarinense de Joinville deve muito de sua qualidade de vida a um homem. Mas poucos de seus 500 mil habitantes sabem disso – nem mesmo o conhecem. Discreto e avesso a bajulações nos seus 76 anos, o empresário Carlos Schneider comanda negócios que vão da industrialização de parafusos à criação de búfalos, passando pelo setor imobiliário e de shopping centers. No entanto, a atividade que mais mobiliza suas forças nada tem a ver com lucros, debêntures ou ações. Tem a ver com a natureza, ou melhor, com a conservação de 9,4 mil hectares de propriedades que acolhem muitas nascentes dos principais rios da região, bem como remanescentes das diferentes fisionomias vegetais do domínio da Mata Atlântica em Santa Catarina. Um patrimônio que ele considera “sagrado”.
 
Filho de um próspero comerciante, Schneider testemunhou, ao longo da vida, o custo ambiental pago por Joinville (distante 172 km de Florianópolis) para se tornar a maior e mais industrializada cidade do Estado. Sentado na sala de uma centenária casa em estilo enxaimel (característico da colonização alemã da região) encravada na Serra do Quiriri, ele se confessa preocupado. Recupera, com certa melancolia, reminiscências da destruição que o levou, há mais de 30 anos, a começar a adquirir áreas na zona rural para proteger seus recursos naturais. A água se tornou o foco privilegiado do que viria a ser sua “cruzada conservacionista”. 
 
O início da devastação
 
“Quando eu era criança, fazíamos piquenique nas margens do rio Cachoeira. Tomávamos banho e víamos o fundo do rio; muita gente pescava ali. Algum tempo depois, já não tinha mais peixes e nem se via mais o fundo. Fui crescendo e vendo isso”, recorda. Percorrendo a área urbana de Joinville, o rio Cachoeira e seus tributários têm hoje águas turvas e mal-cheirosas, destino do esgoto doméstico e de dejetos industriais da cidade. São rios moribundos.

 





« voltar para a página de artigos
A Apoena | Projetos | Artigos | Notícias | Biomas | Atividades | Especiais | Blog | Vídeos | Contato

Copyright © Apoena - Todos os direitos reservados - desenvolvido por:Luz Própria