Iniciativa Trinacional

00/00/0000


Laury Cullen Jr


Iniciativa Trinacional

Floresta morta por formação de reservatório no rio Paraná


Tamanho da fonte: Diminuir Fonte  Aumentar Fonte

A estrutura de organização da Iniciativa Trinacional do Corredor de Biodiversidade do rio Paraná é formada pela representação de organizações governamentais, comunidade científica, Ongs sociais e ambientalistas, setores produtivos e setores de fiscalização e controle do Brasil, Argentina e Paraguai. No Brasil, o corredor tem representação do Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Em São Paulo, a Apoena é representante da sociedade civil (ong ambientalista). O apoio financeiro é do WWF. Iniciativas paralelas tem sido conduzidas por universidades, Ongs brasileiras, Ministério Público e instituições governamentais em encontros e workshops realizados em Umuarama  PR (1999), Campo Grande  MS (2000), Presidente Prudente  SP (2001),  Bataiporã  MS (2002) e Jateí  MS (2002). A comunidade propõe a inclusão do Corredor como área Ramsar para a proteção de zonas úmidas de importância internacional e o seu reconhecimento como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.

 

Articulação e planejamento estratégico 
 
 
O sucesso na implementação dos corredores requer um elevado grau de envolvimento e cooperação entre as diversas instituições governamentais e organização de sociedade civil que atuam na região (Rambaldi e Oliveira, 2003; Fonseca et al., 2004; Ayes et al., 2005). As ações de planejamento dos corredores devem ser incorporadas intervenções em diferentes escalas espaciais e temporais, buscando-se alternativas para uma forma mais abrangente, descentralizada e participativa de conservação da biodiversidade.  (Projetos Corredores Ecológicos – MMA 2002). 
As discussões para implementação do Corredor Brasileiro de Biodiversidade do rio Paraná conta com a participação de dezenas de instituições da sociedade civil, governo, universidades, Prefeituras de municípios ribeirinhos, Ministério Público, companhias energéticas e institutos de reforma agrária. A proposta do Corredor de Biodiversidade do rio Paraná, que vai se integrar ao Corredor Transfronteiriço de Biodiversidade, está avançando por meio de um processo de intensa participação das instituições que atuam na ecorregião.
Se no Paraguai e Argentina, esse país com a maior porção contínua de Mata Atlântica, o Corredor de Biodiversidade do rio Paraná já é uma realidade, no Brasil estamos nos primeiros passos nesta discussão. A ação da Apoena é debater o assunto com os demais segmentos da comunidade e Governo para avançar na proteção dos remanescentes brasileiros e influir nas políticas públicas que levem a proteção do rio Paraná e a melhoria das condições socioeconômicas da população do entorno. 
 




« voltar para Corredor de Biodiversidade
A Apoena | Projetos | Artigos | Notícias | Biomas | Atividades | Especiais | Blog | Vídeos | Contato

Copyright © Apoena - Todos os direitos reservados - desenvolvido por:Luz Própria