Restauração de vegetação ciliar em manancial de abastecimento humano


Djalma Weffort


Restauração de vegetação ciliar em manancial de abastecimento humano

Reflorestamento protege manancial que abastece população do municipio (ao fundo)


Tamanho da fonte: Diminuir Fonte  Aumentar Fonte

 

Aprovado pela Apoena no Comitê das Bacias Hidrográficas dos rios Aguapeí e Peixe – CBH-AP, o projeto está recuperando 30 hectares de vegetação ciliar nas margens do lago da usina hidrelétrica de Porto Primavera, acima da estação de captação de água que abastece a população do município de Presidente Epitácio. Foram plantadas 60 mil mudas de espécies arbóreas nativas da Mata Atlântica de Interior que, além de concorrer para a qualidade da água para abastecimento humano, contribuirá para a melhoria da paisagem, conservação do solo, equilíbrio do clima, formação de corredores ecológicos e abrigo para a fauna silvestre. 

 


Estudantes participam do projeto de reflorestamento plantando espécies nativas 

 

Em parceria com instituições do governo, empresas da iniciativa privada e sociedade civil, o projeto se insere com outras ações de reflorestamento que permitiu a recuperação de 400 hectares da reserva florestal, com o plantio de 800 mil mudas de espécies arbóreas nativas. Entre as mais de 100 espécies plantadas, destacam-se canafístula, timboril, pau-viola, pau-formiga, louro-pardo, ingá, figueira, carimã, candeia, cabreúva jequitibá, jaracatiá, guaritá, peroba-rosa, óleo-de-copaíba, marmelo, paineira, erva-mate, pêssego-do-mato, capororoca, abio, ruprechia, araçá, jenipapo, almêcega, fruto-de-jacu, araçá, jerivá, cedro e muitas outras.

 




« voltar para a página de projetos
A Apoena | Projetos | Artigos | Notícias | Biomas | Atividades | Especiais | Blog | Vídeos | Contato

Copyright © Apoena - Todos os direitos reservados - desenvolvido por:Luz Própria