• Início
  • Notícias
  • Projeto da Apoena restaura floresta em área degradada na bacia do rio do Peixe

Projeto da Apoena restaura floresta em área degradada na bacia do rio do Peixe

Reflorestamento com mudas de espécies arbóreas nativas da Mata Atlântica de Interior restaura a paisagem, resgata a biodiversidade, conserva o solo e protege manancial para abastecimento humano, em Presidente Epitácio

Data da publicação: 25/09/2008

Um projeto ambiental que conta com o apoio dos comitês das bacias hidrográficas dos rios Aguapeí e Peixe - CBH-AP está recuperando 400 hectares de vegetação de Mata Atlântica de Interior, nas margens da UHE. Eng.º Sérgio (antiga Porto Primavera), no rio Paraná, em Presidente Epitácio. Para marcar a data, ambientalistas, alunos da rede pública de ensino, técnicos em meio ambiente, agricultores e representantes de órgãos governamentais aproveitaram a Semana da Primavera para plantar, nessa manhã (25/09), as mudas das espécies arbóreas nativas que estão sendo utilizadas nos reflorestamentos.

De acordo com a ONG Apoena, que coordena os trabalhos de reflorestamento, o projeto viabilizou o plantio de 800 mil mudas, das quais 60 mil mudas estão sendo apoiadas pelo Fundo Nacional de Recursos Hídricos – o Fehidro. “Aprovamos no CBH-AP um projeto pioneiro de reflorestamento que já está dando resultados no planejamento da paisagem, conservação do solo, melhoria do clima, formação de corredores ecológicos e produção de água que abastece uma população de mais de 40 mil pessoas, em Presidente Epitácio”, explica o ambientalista Djalma Weffort, presidente da Apoena.

Segundo ele, a execução do projeto foi possível traças ao esforço coletivo da sociedade civil e instituições do governo, empresas privadas e Ministério Público que se uniram para recuperar a Reserva Florestal do Córrego do Veado que havia sido destruída pela ocupação predatória na região, na qual o Comitê das Bacias Hidrográficas dos rios Aguapeí e Peixe tem um papel relevante”, explica o ambientalista. (veja box nessa edição) 

Fauna e flora

O técnico em meio ambiente, Thiago Santana Torres, da Apoena, destaca que “as mudas plantadas são árvores frutíferas silvestres, a maior parte com crescimento rápido, que, dentro de poucos anos, estarão proporcionando abrigo e alimento para a fauna”. Nessa etapa do projeto estamos plantando 110 diferentes espécies arbóreas nativas da bacia do rio do Peixe como mutambo, jequitibá, aroeira, abio, jatobá, erva-mate, canafístula, timboril, pau-viola, pau-formiga, louro-pardo, ingá, figueira, carimã, candeia, cabreúva, araçá, jenipapo, almecega, fruto-de-jacu, entre outras.

Segundo ele, o projeto de plantio – iniciado em 1998 – está trazendo um retorno gradativo da fauna atingida com a formação do lago de Porto Primavera principalmente aves como a arara-Canindé, papagaio e periquitos, tucano, irerê, garças e anhuma e mamíferos como tamanduá-bandeira, mão-pelada, veado-campeiro e o macaco-bugio.

“Até 2010, pretendemos chegar a 1 milhão de árvores plantadas, com a recuperação de 500 hectares”, complementa Torres.

De acordo com a Ong, além do CBH-AP, o projeto de restauração florestal conta ainda com o apoio da Cesp (Companhia Energética de São Paulo), Incra, Promotoria Regional de Justiça do Meio Ambiente do Pontal do Paranapanema, DEPRN, Proter – Programa da Terra, Ministério do Meio Ambiente – MMA e órgãos de meio ambiente e empresas da iniciativa privada, “em época de consolidação da consciência ambiental e a uma nova tendência com posturas de responsabilidade sócio-ambiental”.  

 

Compartilhar essa notícia:

FIQUE POR DENTRO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

GERAL
Apoena lança Guia de Aves do Oeste paulista 17/05/2024

Com uma apresentação, mesa de autógrafo e venda de exemplares, a Apoena lança, nesse sábado (19/05), às 11 horas, no Avistar, no campus da Universidade de S&a (...)

LER MAIS >
GERAL
Plantio de árvores marca comemoração de 35 anos de aniversário da Apoena 04/10/2023

A Apoena – Associação em Defesa do rio Paraná, Afluentes e Mata Ciliar, comemora nessa quinta-feira (5/10) 35 anos de atividades em defesa da Mata Atlântica de Interio (...)

LER MAIS >
BIODIVERSIDADE
Consema, Weffort faz defesa enfática da Mata Atlântica de Interior 06/02/2023

Na primeira reunião do Conselho Estadual do Meio Ambiente, o Consema, sob o comando do novo Governo de São Paulo, o presidente da Apoena, Djalma Weffort, usou o seu tempo de fala no plen (...)

LER MAIS >
FALE COM A GENTE

CONTATO

Preencha os campos abaixo e envie suas dúvidas e sugestões. Responderemos o mais breve posssível.

* Preenchimento obrigatório